sexta-feira, 27 de março de 2009

Mário Couto: “Sou pré-candidato ao governo do Estado”

A cerca de 1 ano e meio das eleições para o governo do Estado, o PSDB já tem um pré-candidato – declarado e confesso. O partido poderá vir a ter outros, mas serão outros além do senador Mário Couto (acima, na foto da Agência Senado).
Em entrevista ao blog, ele declara abertamente que já trabalha para viabilizar sua candidatura, confirma o encontro que teve com o ex-governador Almir Gabriel em Bertioga (SP), revela que já foi procurado pela direção do DEM para apoiar sua candidatura e não confirma nem descarta a possibilidade de coligar-se com Jader Barbalho. Mas avisa: “O PSDB não vai ser coadjuvante”.
O blog formulou ao senador as perguntas por escrito e ele, por escrito, as respondeu.
Confira a seguir:

-----------------------------------------

O senhor é candidato ao governo do Estado em 2010?
Candidato ainda não, mas pré-candidato porque, obviamente, ainda dependo da decisão do meu partido. Inicialmente, eu não trabalhava com essa possibilidade, mas grandes lideranças do interior e da capital começaram a chegar até mim e pedir, com entusiasmo, para eu ser candidato. Esse pedido vem crescendo a cada dia. São prefeitos, vereadores, lideranças, ex-prefeitos, enfim, e ainda o povo. Quando viajo para o interior, muitas pessoas me pedem para disputar o Governo. Como estou vendo que tudo está sendo favorável para mim, não tenho razão para não aceitar.

O senhor esteve em Bertioga, no último final de semana. O que é eu foi tratado com o ex-governador Almir Gabriel?
Estive, sim, o final de semana com o dr. Almir. Foi uma conversa boa, alegre, agradável. Uma conversa feliz entre amigos sinceros e leais um ao outro, como tem sido desde o início da minha vida pública com o dr. Almir. Tem sido assim porque tratamos com seriedade um mesmo objetivo: o bem-estar social e econômico do povo paraense. Também houve uma conversa muito particular. Peço desculpas ao blog por não poder revelar ainda o teor da conversa, mas posso resumir numa frase: poucas vezes na minha vida senti tanta felicidade. Almir me deu palavras de incentivo, que me deixaram muito confiantes.

Na eleição do próximo ano, o senhor acha que uma aliança do PSDB com o PMDB do deputado Jader Barbalho é um hipótese cogitável ou fora de cogitação?
Acho que ainda é muito cedo para pensar em coligação. Se isso for negociado deve ser apenas a partir do próximo ano. Vamos pensar em tudo isso quando a hora chegar. O que eu posso dizer é que o PSDB não vai ser coadjuvante em nenhuma situação.

E a presidência do PSDB? O senhor vai disputar com o Zenaldo [Coutinho, deputado federal]? Ou vai abrir mão da disputa e deixar que ele assuma?
Depende. Se eu for candidato ao Governo é lógico que não terei tempo para ser presidente do partido a abrirei mão dele. Mas isto, ainda vou conversar amigavelmente com o companheiro Zenaldo. Acho que não teremos qualquer problema.

O senhor já procurou o DEM? O DEM vai apoiá-lo, caso o senhor seja o candidato?
É verdade. A direção maior do DEM no Pará já me procurou e manifestou o sentimento de apoiar a minha candidatura. Fiquei muito feliz. Sempre tive amizade sincera com o Vic [Pires Franco, deputado federal] e a Valéria Pires Franco. Sempre admirei os dois pela postura e pela verdade de suas palavras. Com certeza, é um apoio fundamental que muito me honra e que fortalece a nossa candidatura.

14 comentários:

Anônimo disse...

Sim, é Mário. Ele vem pra 2010. É o único que pode peitar - e vem peitando - a Ana.

Anônimo disse...

Não é DEMais não?
Pobre Pará, muda sempre para permanecer o mesmo.
Tudo igual; todos iguais.

Anônimo disse...

Sinceramente, o Pará não merece isso.A qualidade de representação no Senado do Pará,precisa melhorar. Os dois outros Senadores(Nery e Flexa Ribeiro)até que merecem respeito por suas histórias pessoais e trabalhos feitos no exercício no Senado.Mas,o outro, que nossa Senhora de Nazaré inspire o eleitor e a eleitora paraense, a nos livrar do mau e do que nos envergonha.

Yúdice Andrade disse...

"Livrai-nos de todo mal! Amém!"

david Becker disse...

Sem querer colocar obstáculos à possível candidatura do senador Mário Couto, gostaria de lembrar que o Simão Jatene, ex-governador, deixou o governo com índice de aprovação acima dos 70%. Isso o credencia a ser a opção mais viável dentro do psdb. Além do mais o senador não tem experiência administrativa nenhuma. Nunca, pelo que me consta, ocupou cargo no executivo. Senador, alie-se ao Jatene, e serão imbatíveis.

Anônimo disse...

PAULO O MÁRIO COUTO ESTÁ COM ESSA CONVERSA PORQUE A ANA KITS TIROU OS03 CAPANGAS DA PM QUE FAZIAM A SEGURANÇA DELE, E ELE PARA SE VINGAR ESTA CANTANDO QUE SERÁ CANDIDATO AO GOVERNO PARA INTIMIDAR, PORÉM AINDA FALTA COMBINAR COM O JATENE. O MÁRIO COUTO ESTÁ EMPOLGADO DEVIDO TER OBTIDO UM MILHÃO E MEIO DE VOTOS PARA O SENADO EM 2006 PORÉM ESSES VOTOS SÓ FORAM POSSÍVEIS DEVIDO A MÁQUINA DA ALEPA E QUE AGORA NÃO VAI TER.
O CANDIDATO TEM QUE SER O SIMÃO JATENE SENÃO O BARCO VAI AFUNDAR DENOVO,PELO AMOR DE DEUS NÃO VÃO NOVAMENTE OBEDECER A SOBERBA DO ALMIR GABRIEL.

Hanny Amoras disse...

Caro Yúdice
De fato, livrai-nos de todo mal, começando por esse governo vergonhoso da Ana Júlia Carepa. A decepção com ela é imensa e Mário Couto tem, sim, reais condições de vencê-la por mais que muitos torçam o nariz para ele. Eu o acompanho e observo isso. Mas ainda considero muito cedo para mais especulações.
Um lindo dia para todos.

Bia disse...

Bom dia, caro Paulo:

o senador tem direito de ser candidato a candidato. Apesar da simpática entrevista, de concreto só resta isso.

Abração

Anônimo disse...

Deus nos livre!!!
Esse tal de Mário não fez nada como Senador, e ainda quer ser Governador do Estado. Imaginem como vai ficar a saúde pública em Belém e no resto do Estado!!!

Anônimo disse...

Cruz credo!
Ana Júlia ou Mário Couto? Troco um pelo outro e não quero troco!
O Jatene é nossa melhor e única opção para defenestrar com a Ana Jatobá do governo e salvar o Pará.
Depois do governo Ana Júlia, pegar um Mário Couto pela frente, é melhor mudar de estado.
Livrai-nos de todo mal, ou seja, livrai-nos da Ana Júlia e do Mário Couto também!

Anônimo disse...

Uma coisa é proporcional outra coisa é majoritário. O Couto é proporcional. Ele se deu bem em 2006 porque muita gente que votou no Almir também votou nele, assim como teve gente que votou na Ana e também votou Couto.

O Jatene é majoritário. Mais de 70% de aprovação. Se ele vem pra reeleição o PSDB ainda estaria no governo, sem dúvida. Mas por causa da vaidade do Amir, o partido hoje roi o osso. Ele ainda quer fazer agente engolir o Mário tapiocudo, dá um tempo.

Almir, vai plantar orquídeas!

Anônimo disse...

Se o PSDB cair na besteira de embarcar na do Almir denovo e denovo perder pra Ana Júlia, faço minhas as palavras de uma amiga: "Vou mudar de Estado!"

Mais 4 anos de Ana Júlia Carepa eu não aguento. Mais 4 anos marcando passo. Cadê o Jatene que não fala nada? Esse Mário não desce redondo...

Anônimo disse...

Hum, hum...Pelo visto a popularidade do senador tá grande mesmo... É, tem muuuuuuuuuuuita gente querendo que ele venha para o governo!
Hum, hum!!!

PS: ALMIR VAI PLANTAR ORQUIDEAS PELO AMOR DE DEUS!

Anônimo disse...

Enquanto os "Thiuthiuquitos" trocam farpas entre eles, parecendo porca-espinho no cio, a Ana vai carepar a próxima porque trabalha para o povo e "o povo á a voz de Deus.
Ora, ora! a pretnsão do Couto é mera elocubrtação de quem paga para esquecer a origem do seu milhão e meio de votos para o Senado. O subserviente do Almir, o decantado (e calado) executivo seresteiro, até que, como técnico de gabinete, até que dá pra passar. Quem sabe não poderá ajudar a Ana, ocupando o segundo escalão do próximo governo?