terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Remistas, votem em todos. Menos em Zeca Pirão.



Olhem, meus caros.
Falemos claro.
Se possível, falemos em português - o de Portugal e o do Brasil.
Falemos assim: dos quatro candidatos a presidente do Remo, nas eleições marcadas para o próximo sábado, os remistas precisam de muito cuidado, muita cautela, muito discernimento, muita responsabilidade e de muito remismo para não votarem - repita-se, não votarem - em Zeca Pirão.
Falemos mais claro ainda - de outra forma: votem em Alcebíades Maroja, em Miléo Jr., em André Cavalcante, mas não, nunca, jamais, em tempo algum, votem em Zeca Pirão.
Por quê?
Porque Zeca Pirão, muito embora não tenha aspirações políticas na vida dele; porque Pirão, muito embora não esteja aspirando a ser candidato a nenhum cargo eletivo; porque Pirão, muito embora seja o remista mais amoroso, mais desvelado, apaixonado e dedicado; porque Pirão, embora tudo isso, precisa deixar que outros façam pelo Remo o muito, o demais, o pordemais que ele, o Zeca, já fez pelo Remo.
Pirão, vocês sabem, não é um qualquer.
Ele marcou sua passagem pelo Remo.
Jamais os remistas se esquecerão dele.
Pirão marcou sua passagem pelo Remo por ter mimoseado gangues organizadas com balõezinhos. Quem o disse? Ele mesmo, em conversa amena, educada, civilizada, com este repórter.
Pirão marcou sua passagem pelo Remo porque demoliu parte do Baenão e não a reconstruiu (quem haverá de se esquecer disso, hein, gente?)
Pirão será lembrado por ter, na condição de presidente do Remo e à época exercente do mandato de vereador, ameaçado de retaliações o repórter-fotográfico Marcelo Seabra.
Pirão é uma exemplo vivo de remista que, sem brincadeira, merece ter, em vida, uma estátua edificada em frente à sede do Remo.
Por essas e outras é que o Espaço Aberto, com redação unanimemente apaixonada pelo Remo (mas nem de perto apaixonada como Pirão, é claro), considera uma incomparável injustiça o fato de pelo menos dois mil dos três mil remistas que compareceram ao Baenão, para a apresentação do elenco, terem o feito o seguinte corinho quando mencionaram o nome do personagem: Ei, Pirão, sai do Baenão / Ei, Pirão, sai do Baenão!
Que injustiça, meus caros!
Pirão, perdoe esses remistas que não têm descortino para avaliar os imensos serviços que você já prestou ao Remo.
Pirão, você, por tudo que já fez pelo Remo, é imbatível, meu caro.
Valeria a pena você que outros, com ideias mais novas, mais arejadas, possam almejar a honra de ser presidente do Remo.
Os remistas precisam conhecer os outros candidatos.
Um deles é Miléo Jr., da Chapa 20 - Avança Leão.
Ele deu uma excelente entrevista para o Siga Remo (vejam o vídeo), que teve a excelente iniciativa de entrevistar os quatro candidatos à presidência do Remo.
Ouçamos, nas próximas entrevistas, o que têm a dizer e a propor Alcebíades Maroja e André Cavalcante.
E Zeca Pirão?
Concedamo-lhe (no português castiço, é assim mesmo) o direito à palavra.
Em troca, Pirão deveria conceder aos remistas a glória de não o ter, novamente, presidente do Remo.
Não será essa uma troca justa?
Tintim!

3 comentários:

Anônimo disse...

o pior, é que ele tem chances de ganhar :( pq surgiram mtas chapas...fosse a eleição mais polarizada estariamos salvo desse embuste que é o pirado...o cara que deveria estar expulso do clube e proibido de entrar lá!! que pena pro nosso leão!! SAZ

Unknown disse...

Perfeito, Bemerguy. Chega de carreiristas e destruidores no Clube do Remo.

Anônimo disse...

Olha, eu fico impressionado com a quantidade de gente querendo uma vaga na direção do Remo.Com tanta dívida ou é amor de verdade ou... acabou a tinta do teclado