segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Secretário passa por saia-justa ao vivo

Alberto Leão, secretário de Esporte e Lazer, dava uma entrevista no Programa Bola na Área, de José Maria Trindade, neste domingo (30), na Liberal AM.
Entrou no ar, por telefone, um ouvinte, um certo João.
João sentou a pua no secretário.
Disse, literalmente, que a Seel não fez e nem faz nada. E emendou que, se Leão passasse 16 anos como secretário, ninguém sequer se aperceberia dele.
O secretário saiu-se bem na resposta.
Não se exasperou e ainda disse que nunca antes, jamais na História do Pará, um governo fez tanto pelo futebol e pelo esporte como o governo Ana Júlia.
Putz!

3 comentários:

Anônimo disse...

É, nada como uma lorota enrolativa, daquelas que fala mas não diz nada, para responder ao irrespondível.
Esse é o governo embromation-enrolation.
Como nunca se víu nesse país.

Diógenes Brandão disse...

Prezado Paulo,

Não poderia deixar de inclinar minha opinião à cerca do ocorrido, dizendo que valeu à pena a luta de tantos bravos militantes sociais pela democracia brasileira, a qual hoje permite à qualquer cidadão/cidadã, emitir opinião à cerca da política e dos gestores públicos e ao certo, o exercício cidadão aprimora os direitos e o controle social que precisam avançar em nosso país.

No entanto, a opinião do ouvinte (seja lá quem for, à quem servir e quais os interesses que este defende) não coaduna com a maioria dos cronistas esportivos que sempre destacaram a atual gestão da SEEL como uma das mais atuantes e respeitáveis, tanto pelo trato às diversas opiniões dos profissionais da área joirnalística, quanto pela competente forma os ainda parcos recursos financeiros da secretaria.

Opiniões de vários segmentos esportivos (ligas de futebol, Federações, Clubes, Dirigentes, etc.) também dão conta da afirmativa de que o atual secretário sempre atendeu com muita atenção todos que o procuraram e desenvolveu, neste pouco mais de um ano à frente da SEEL, uma gestão eficiente e criativa.


No mais, o blog sempre atento vale ser frisado como um importante mecanismo de controle social e de informação ágil e pertinente em nosso Estado.

Forte Abraço!

Anônimo disse...

Deve ser com o apoio desta gestão tão elogiada pelos dirigentes de clubes que os nossos times estão uma beleza!!! Paysandu vai até disputar o mundial de clubes... Ora, por favor!!! E os jogos indígenas?? E a copa do mundo???