terça-feira, 29 de março de 2011

Desistência de Paulo Rocha assusta o PT

Até no PT - ou principalmente no PT -, muita gente não entendeu por que cargas d'água o deputado Paulo Rocha desistiu de lutar judicialmente para que ele, e não o ex-deputado Jader Barbalho, assuma a cadeira no Senado, após a decisão do Supremo que invalidou a Ficha Limpa para o ano passado. Os petistas inconformados com a desistência de Rocha reconhecem que seria muito difícil sustentar a tese de que o caso Jader já transitou em julgado. Admitem, ao contrário, que o caso expecífico do ex-deputado ainda não terminou, porque ainda falta ser publicado o acórdão do julgamento de outubro do ano passado e, em seguida, poderão ser opostos embargos de declaração. Mesmo assim, os petistas assustados com Paulo Rocha consideram que, politicamente, sua recusa em continua ativo na arena do Supremo, até o último minuto da prorrogação deixa transparecer um certo desinteresse em fazer valer, por todos os meios inimagináveis - desde que legítimos, é claro -, os 1.777.376 votos que obteve nas urnas.

9 comentários:

Anônimo disse...

Paulo Rocha joga em tabelinha com o Jader faz muito tempo. Não vai criar arestas com seu companheiro de lutas.

Anônimo disse...

Lamentável a atitude do Paulo Rocha. Ao agir assim,deixa a impressão que ele está de conluio com o Barbalhão. Coitada da Ana Júlia que confiou tanto nele. A facada está sendo dada sem dó nem piedade. E seu eleitorado, o que pensa disto, hem Paulo?

Anônimo disse...

Paulo Rocha foi vítima de falso moralismo impetrado por pessoas que tem muitos interesses nas disputas políticas travadas no estado. São interesses econômicos que passam muito longe dos interesses públicos. Por isso, como já é bastante tarimbado no meio político, não vai participar desse circo. Esse papel ele deixa pra Marinor, que está fazendo muito bem.

Anônimo disse...

Facada na Ana Julia??? Ela mesmo se auto flagelou quando fez aliança com os partidos que historicamente estiveram contra os interesses dos trabalhadores em detrimento de uma aliança com os trabalhadores.
Facada quem deu, foi a Ana Julia no Mario Cardoso quando da eleição pra Prefeitura de Belém quando fez a opção pela candidatura do nefasto Dudu, traindo não só o Mario mas a toda a militancia do PT. Facada ela deu em toda a militancia quando deu carta branca ao "núcleo duro"(rrss)que só cometeu erros ao longo de 04 anos de governo afundando o PT em um lamaçal, jogando todos os mais caros principios construidos ao longo de sua História na lata do lixo. Agora diante do resultado das eleições querem imputar culpa no Paulo Rocha?? Ora me poupem!!!!!Vão enxugar gelo!!!!!

Anônimo disse...

O Paulo Rocha sabe que perdeu a eleição pro Flexa e pro Jader, não irá da uma de Marinor que mesmo sem representatividade popular queria assumir a cadeira que nunca será sua.

as falas da polis disse...

Impressiona a transtorno bipolar que assola diversos cabos eleitorais ou corregionários - como queiram - em suas análises anônimas.

De um lado, governistas fanáticos que se escorraram na DS/Ana Júlia para continuarem surfando nos cargos que a gestão manteve nas assessorias especiais da vida.

De outro, não menos ingênuos a pervesa capacidade de dissimular seus reais interesses de colocar na mesma lata, Paulo e Jader, adversários históricos, mas homens públicos que jogam o jogo democrático, o que não significa dizer que o ex-sindicalista, com cinco mandatos consecultivos seria néscio a ponto de abrir mão da vaga quase certa ao senado pelo deleite de seu adversário.

Pobres almas cegas que vagão em delírios alucinantes que querem fazer noutros semear a semelhança de antagonismo e opostos que vira e mexe são rotulados como iguais...

Anônimo disse...

TAL QUAL O FILOSÓFO GREGO QUE COM SUA LANTERNA VIVIA A VAGAR PROCURANDO UM HOMEM HONESTO, O NOSSO DIÓGENES VIVE A DIVAGAR PROCURANDO EXPLICAR O COMPORTAMENTO AMBÍGUO DO PAULO ROCHA, A PROPÓSITO A APALAVRA CORRETA É VAGAM, VAGÃO SÓ DE TREM.

Anônimo disse...

De que petista a matéria está falando. Os militantes apoiam a decisão do Paulo. Cabe a justiça definir quem vai assumir a cadeira de senado. O Paulo está seguindo a ortientação partidária e se comportando como homem público que sabe o tamanho dasua responsabilidade com o povo do Pará e com os militantes do PT.

Anônimo disse...

Meu caro anônimo das 16.19,de que militancia vc se refere,pois já faz muito tempo que os coronéis do PT tomam decisões de acordo com seus interesses e a revelia da base partidária,vc deve fazer parte desta entouráge para ter informações tão privilegiadas!